Brasil Brasil
Mediamorfosis

Manifesto

Em sua edição de 2017, Mediamorfosis reuniu um impressionante grupo de especialistas internacionais de jornalismo, televisão, teatro,
videogames e realidades imersivas para compartilharem seus conhecimentos com espectadores de Buenos Aires, São Paulo e Montevideo.

Além dos intensos debates desses dias, as personalidades reunidas ao redor de Mediamorfosis deixaram como legado um “Manifesto”, no qual cada um entregou suas principais ideias sobre este momento particular da evolução das mídias. Para Mediamorfosis é uma honra e um orgulho poder compartilhá-lo:

Somos Mediamorfosis 2017, um coletivo de 10 criadores com uma visão compartilhada sobre a revolução transmídia. Juntos, declaramos:

1. HAL KIRKLAND 
É mais fácil soar como um especialista dizendo que algo não é possível. Somente acreditando no impossível podemos evoluir como criadores e
como pessoas.

2. NICK FORTUGNO
A forma com que os usuários interagem com sua história é tão parte de sua história como o roteiro, a sonoplastia e o figurino. Projete as
interações com tanto cuidado quanto o resto dos elementos do projeto.

3. CHRISTIAN BENNET
Entendam, pesquisem e respeitem o seu espectador e, depois, encontrem o caminho para criar uma relação com eles em seus próprios termos.

4. JULIE ANDEM/ MARY MAGNUS
Ao invés de se perguntar como conseguir mais espectadores, primeiro se pergunte o que é que você pode lhes oferecer. Esta é a conexão genuína que permite aos criadores e espectadores se desafiarem e se inspirarem mutuamente.

5. SARA BOZANIC
O relato transmídia é como uma viagem de aventuras: planejamos, consumimos, conectamos e mudamos de direção a cada vez que descobrimos novos lugares e conhecemos novas pessoas.

6. ROSEMARIE LERNER
A transmídia te permite dialogar com outros. A forma e maneira que se conta a história é mais interessante que a própria história.

7. NAOMI ROTH
As notícias falsas são mais atrativas que a realidade. Mas nunca devemos esquecer que os feitos, feitos demonstráveis, feitos científicos ainda existem. Ame-os, busque-os e siga-os. Que nesta busca por autenticidade, a Realidade Virtual seja teu servente, não seu mestre.

8. DAMIAN KIRZNER

O conteúdo é rei. A rainha é o hábito de consumo.

9. JUAN SEÑOR
Só o jornalismo salvará o jornalismo. O gratuito é muito caro. Se não cobrarmos por jornalismo de qualidade, este se acabará.

10. SPENCER HUNT
Como criadores, nos convertemos em gurus espirituais guiando bilhões de pessoas à iluminação.

Assinam: 
Hal Kirkland, Nick Fortugno, Christian Bennett, Julie Andem, Mari Magnus, Sara Bozanic, Rosemarie Lerner, Naomi Roth, Damian Kirzner, Juan Señor, Spencer Hunt.